Alexandre Farto aka Vhils, um dos mais brilhantes “street artist”, com trabalhos reconhecidos a nível mundial, gravou o rosto de Amália Rodrigues para sempre no bairro de Alfama, em pleno coração de Lisboa, cidade bem amada e cantada pela inesquecível fadista.

A peça, denominada “Calçada”, foi inaugurada ontem, dia 2 de Julho, na Rua de São Tomé e foi idealizada pelo realizador Rúben Alves, tendo resultado de uma parceria inédita entre Vhils e a Escola de Calceteiros da Câmara Municipal de Lisboa.

“Calçada”, é um duplo tributo que Rúben Alves presta a Amália Rodrigues, enquanto “vulto incontornável da cultura portuguesa contemporânea e expoente desse Património Imaterial da Humanidade que é o Fado”, e  ao génio dos calceteiros que se dedicam diariamente a esta arte que é exclusivamente nacional.

Foi com palavras emocionadas perante o resultado final, que o jovem cineasta de ascendência portuguesa agradeceu “o trabalho titânico dos calceteiros de Lisboa. Vocês são uns artistas de Lisboa e este chão de Lisboa é pura arte”.

Jorge Duarte, calceteiro da Escola de Calceteiros da Câmara de Lisboa desde 1986, e que coordenou a equipa de 8 elementos que produziu este trabalho ao longo de um mês, confessou que nunca tinha feito calçada a subir pela parede e que foi uma luta, mas ao mesmo tempo um trabalho diferente, curioso, que agradou a toda a equipa.

A ideia de criar o rosto da fadista em calçada portuguesa surgiu a Ruben Alves quando idealizava a capa do disco “Amália, As Vozes do Fado”, que será lançado no próximo dia 17 de Julho. Ruben lembrou-se que “o fado é uma música urbana que nasceu nas ruas”, tal como o trabalho de Vhils, tal como o trabalho dos calceteiros.

Com esta peça, uma verdadeira obra de arte, o rosto de Amália passa a fazer parte integrante e duradoura da paisagem de Lisboa.

Este projecto contou, desde o início, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, ontem representada na inauguração pelo Presidente, Fernando Medina e pela Vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto.

2015-07-02-Vhils-Amalia-8alt

Fontes:
https://www.facebook.com/camaradelisboahttp://www.cm-lisboa.pt/noticias/detalhe/article/amalia-renasce-em-alfamahttps://www.facebook.com/AlexandreFartoVHILShttps://www.facebook.com/galeriadearteurbana?fref=photohttp://www.revistamacau.com/2014/10/08/escola-de-calceteiros-olhar-o-chao/https://www.facebook.com/galeriadearteurbana