A 30 de Julho, a noite no Parque dos Poetas não terá fim à vista para os fãs, porque quem sobe ao palco é Lionel Richie, que leva todos os êxitos da sua carreira, ao vivo, a mais um concerto do Festival edpcooljazz, que se prevê inesquecível.

All the Hits, All Night Long European Tour 2015” é uma das tournées mais aguardadas do verão de 2015, protagonizada por um gigante da música que dispensa apresentações: 100 milhões de discos vendidos, uma coleção invejável de êxitos e prémios, entre eles um óscar, 5 Grammy´s e um Globo de Ouro.

Longe vai o tempo da participação na banda soul The Commodores que lançou Lionel Brockman Richie Jr., nascido em Tuskegee, Alabama, como cantor e músico, nos finais de 60. A carreira teve um início auspicioso, marcada pela participação da banda na tournée dos irmãos Jackson 5, que o levou mundo fora durante dois anos; seguiu-se o lançamento de “Machine Gun”, em 1974, o primeiro hit da banda e 3 discos de platina que fizeram de Lionel Richie o compositor principal do grupo. “Three Times A Lady”, “Still”, “Sail On”, “Just To Be Close To You” e “Easy” puseram os The Commodores no topo da lista e selaram a escalada de Richie para um percurso de sucesso que trilhou ao longo de quase duas décadas.

Com projectos paralelos que o foram afastando da banda, Lionel Richie prosseguiu, produzindo e escrevendo canções para o disco de Kenny Rogers, até que em 1981, o dueto com Diana Ross na canção tema do filme Endless Love (1981), que se transformou num dos maiores hits da Motown, o lançou definitivamente na carreira a solo.

Daí para a frente e até ao final da década de 80, Lionel Richie esteve imparável, com êxitos como o álbum “Can’t Slow Down” e o single “All Night Long” (1983), “Hello”, Stuck on You“, “Running With the Night” e “Penny Lover (1984); “Say You, Say Me“, composto para o filme O Sol da Meia-Noite, valeu-lhe um Óscar e o 1º lugar nas tabelas americanas dos mais vendidos durante quatro semanas  (1985); em 1986, Richie lançou “Dancing on the Ceiling”, o seu último álbum mais popular, que produziu uma série de hits nos EUA e Reino Unido, como “Ballerina Girl” e “Se La”.

Dos inícios da década de 90 em diante, Richie continuou a gravar mas as suas músicas não voltaram a alcançar o estatuto dos grandes êxitos da década anterior.  Não deixou, contudo, de criar, gravar e tocar, tal como se pode ver pelos Lps lançados: “Back to Front” (1992) um álbum de compilação que incluiu 3 novas canções, “Louder Than Words” (1996), “Time” (1998), “Renaissance” (2000), “Just for You” (2004), “Coming Home” (2006), “Just Go” (2009) e o seu último lançamento, “Tuskegee” (2012).

Lionel Richie vem a Portugal e traz com ele os êxitos da sua vasta discografia, que apresentará num grande concerto integrado no Festival edpcooljazz, evento musical que este ano contará ainda com outros grandes nomes,   como Mark Knopfler e os incontornáveis Chick Corea & Herbie Hancock .

Lionel Richie vai certamente animar os milhares de fãs portugueses esperados nesta noite longa de êxitos, a 30 de Julho, no Parque dos Poetas.

Abertura de portas às 19h00;
Início do concerto às 21h30.
Bilhetes à venda nos locais habituais e preços que variam entre os 20,00€ e os 60,00€.
LionelRichie_Tuskegee