A organização do NOS Alive 2015 confirmou hoje a presença de James Blake no cartaz do Festival, tendo agendada a sua actuação para o dia 10 de Julho, no Palco Heineken.

O músico londrino confirmou o seu talento logo no álbum de estreia e foi o grande vencedor da edição dos Mercury Prize 2013. Senhor de uma das vozes mais aclamadas dos últimos tempos, a adesão do público e da crítica não se fizeram esperar, reagindo não só às composições fortes e inteligentes que integravam o LP homónimo, assim como à intensidade das suas actuações ao vivo.

Após uma primeira nomeação para um Mercury Prize, em 2011, com o primeiro longa-duração, James Blake conseguiu levar definitivamente para casa o prémio em 2013, com o segundo álbum de originais, “Overgrown“, destronando os favoritos Laura Mvula, Arctic Monkeys e David Bowie. O jury do Mercury Prize salientou então que tinha distinguido um álbum “inventivo, poético e incisivo”, deixando James Blake surpreendido pelo triunfo.

Em 2014 o músico e compositor voltou a pontuar, ao receber uma  nomeação nos Grammys Awards, desta vez como “Best New Artist”.

James Blake tem já na calha o terceiro álbum de estúdio, com edição agendada ainda para 2015 e que sucederá ao muito aplaudido “Overgrown” e que segundo James Blake será denominado “Radio Silence”.

O artista junta-se a Alt-J, Dead Combo, Flume, Future Islands,  James Blake, Jessie Ware, Kodaline, Metronomy, Muse, Sheppard, The Jesus and Mary Chain, The Ting Tings, The Wombats e Young Fathers, nomes já confirmados para o Festival NOS Alive’15 que irá decorrer no Passeio Marítimo de Algés nos dia 9, 10 e 11 de Julho.