Frenéticas no Pós-Guerra, é a exposição que o Museu da Presidência da República apresenta, em parceria com o Museu Nacional do Traje, no Palácio da Cidadela de Cascais até 8 de Fevereiro de 2015.

Trata-se de uma mostra de acessórios de moda no feminino, que junta mais de 100 peças e documentos, com o objetivo de dar a conhecer os hábitos e o estilo de vida que marcaram a década de 1920.

A velocidade e o frenesim deste período, sobretudo nas zonas urbanas, anunciavam a emancipação da mulher, e os magazines femininos da época ditavam modelos importados das grandes cidades europeias que abalavam os tabus da sociedade tradicional portuguesa.

Na ânsia de viver frivolamente em liberdade, as mulheres saíam, pela primeira vez, da esfera doméstica para aparecer em público, pisando firmemente terrenos que até então lhes eram interditos. Nas suas salomés coloridas, novos sapatos confortáveis e elegantes, mostrando o tornozelo e os joelhos, de vestidos curtos e de cintura descaída, maquilhadas e de cabelo curto à garçonne, experimentavam a emoção de conduzir, praticar desporto, fumar e dançar ao som de uma jazz-band.

São estes novos hábitos, estas práticas quotidianas nascidas de um novo ritmo social e cultural de uma Europa em exaltação, que irão marcar para sempre a sociedade contemporânea.

De 07/12/2014 até 08/02/2015
Palácio da Cidadela de Cascais
Avenida D. Carlos I
2750-001 Cascais

Quarta-feira a Domingo, das 14h00 às 20h00.

Custo do ingresso para visitar a exposição: 2,5€
Custo do ingresso para visitar a exposição e o Palácio: 4€

Fonte: Museu da Presidência da República