A Companhia Vidas de A a Z vai estrear em Junho a produção – EU SOU MEDITERRÂNEO. Um espectáculo sobre a banalidade do mal -, um espectáculo que estará integrado na programação das Festas de Lisboa e irá colocar em confronto o princípio universal dos Direitos Humanos com as sociedades da violência, abordando questões como os atentados aos Direitos Humanos em contexto de conflitos armados, a ameaça do terrorismo, as grandes crises humanitárias, nomeadamente, as tragédias no mediterrâneo e os direitos de cidadania dos refugiados.

 EU SOU MEDITERRÂNEO: Um espectáculo sobre a banalidade do mal

Sinopse

Eu não pertenço a nenhuma das gerações revolucionárias. Eu pertenço a uma geração construtiva. (Eça de Queirós)

Nós somos a voz dos ecos sociais e literários da realidade contemporânea. Nós somos canibais e eis a nossa dramaturgia canibalista. Nela jaz a cisão entre um Ocidente civilizado e um Islão bárbaro. Nela jaz a estatística da miséria. Nela jazem as crianças cuja vida é roubada na faixa de Gaza. Nela jaz a Fome, a Guerra, o Sofrimento e o Desespero. Nela jaz a ignorância generalizada em relação ao Islão. Nela jazem as Guerras do Médio Oriente que o Ocidente apoia militarmente e cujas mortes alicerçam a economia mundial. Nela jazem os atentados contra os Direitos Humanos e a chacina em massa de civis. Nela jaz a maior crise migratória e humanitária da Europa. Nela jazem as perseguições pelos jihadistas. Nela jaz o riso, a hipoteca da vida. Uma ficção, um facto e um manifesto artivista. Nós somos um não-lugar, fragmentos de culturas dissonantes. Eu sou o morto. Eu sou mediterrâneo. Um espectáculo sobre a banalidade do mal…

​Enredo

O espectáculo conta a história de um soldado português, Hasan Al Portughalis, que, descontente com a situação sócio-económica do seu país, decide ingressar as fileiras jihadistas do Estado Islâmico, sendo destacado para a Síria onde é capturado pelo inimigo, ao qual todas as noites conta uma história diferente de forma a evitar a própria morte. Cada história é o relato do encontro do soldado com várias personagens, entre elas encontra-se Zhaida, uma feminista luso-marroquina dona de uma Hospedaria em Sintra que alberga refugiados e que, fazendo uso dos seus encantos de sedução, o irá fazer desertar; Razi, um rapaz palestiniano que reside num campo de refugiados e é morto por um projétil a caminho da escola; e Salim, o líder da sua célula jihadista que quer mandar construir um campo de concentração para albergar alemães. O soldado é várias vezes interrompido na sua narração pela Louca, figura representativa das guerras do mundo, sendo que a história termina com o relato de Mohammed Abdun, um refugiado sírio que morreu durante a travessia do mar mediterrâneo, após ter deixado a sua família para trás que também acabou por morrer.

​Valor do bilhete
Normal: 12​
Especial: 10​​ (​estudantes, pessoas com deficiência, grupos, profissionais do espectáculo e reformados​)

 

Ficha artística

PRODUÇÃO

Companhia VIDAS DE A a Z

TEXTO*

Sílvia Raposo

Mónica Gomes

ENCENAÇÃO

Mónica Gomes

ASSISTÊNCIA À ENCENAÇÃO

Sílvia Raposo

INTERPRETAÇÃO

Anabela Pires

Filipe Lopes

Margarida Camacho

Mónica Gomes

Sofia Assis

DESENHO DE LUZ

Mónica Gomes e Sílvia Raposo

CRIAÇÃO E SELECÇÃO DE FIGURINOS

Helena Raposo

COREOGRAFIA

Margarida Camacho

CENOGRAFIA

Mónica Gomes e Helena Raposo

EQUIPA TÉCNICA

Sílvia Raposo

PARCEIROS:

Associação de Defesa dos Direitos Humanos

Associação Amizade Portugal Sahara Ocidental

Associação Solidariedade Imigrante

Turismo de Lisboa

Festas de Lisboa

​AGENDA DE APRESENTAÇÕES​

ESTREIA
2 a 12 de JUNHO (2016)

Qui. a Sáb. às 21h30 | Dom. 17h00
Teatro Turim
Estr. de Benfica 723
2715-311 Benfica

​​2 e 3 de SETEMBRO (2016)

Sex. e Sáb. às 21h30

Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva (Ericeira)

Rua Mendes Leal

2655-305 Ericeira

12 a 15 de SETEMBRO (2016)

Seg. a Qui. às 21h30
Boutique da Cultura (Carnide)
Largo das Pimenteiras 6
1600-576 Lisboa

16 a 18 de SETEMBRO (2016)

Sex. e Sáb. às 21h30 | Dom. às 17h00
Auditório Carlos Paredes (Benfica)
Avenida Gomes Pereira, nº17
1549-019 Lisboa