Com um ambiente informal, o Casino Lisboa reservou para o mês de Março múltiplas propostas de entretenimento. O público poderá acompanhar, de Quinta-Feira a Domingo, espectáculos de música ao vivo. O pole dance e o novo circo estarão, também, em destaque. A entrada é gratuita.

 

As noites de Quinta-Feira são especiais no Casino Lisboa. Bruno Rosa apresenta, a 2 de Março, um exigente número de Novo Circo “Tecidos”, enquanto Sara e Raquel propõem, a 9 de Março, uma noite dedicada ao pole dance. Para a noite de 16 de Março, João Godinho apresenta-se em Novo Circo “Globo”. Segue-se, a 23 de Março, um concerto de Ricardo Gordo. Para 30 de Março, está agendado o regresso de Jocka Carvalho com Novo Circo “Hand Balance”.

 

A animação será reforçada, ainda, de Sexta-Feira a Domingo, com vários registos de música ao vivo protagonizados pelas bandas Souled Out, Hearts and Bones, Stomping at Six, Plágio e Dee Dee and the Drum Killers. O cartaz musical prolonga-se, de Quinta-Feira a Sábado, com as actuações conhecidos DJ’s que selecionam os ritmos ideais pela noite dentro.

 

Arena Lounge – Palco central

Novo Circo com Bruno Rosa

É já na próxima Quinta-Feira, 2 de Março, a partir das 23 horas, que o novo circo estará em destaque no Casino Lisboa. Bruno Rosa protagoniza um número de elevado grau de dificuldade. Uma linguagem corporal vibrante, sensual e de uma honestidade únicas.

 

“Qualquer semelhança a ti, aqui apresentada, é pura coincidência. Somos anjos. Somos humanos. Somos amor. Esperava eu que sempre condicional e não de condições ou estatutos. Não preciso escrever objectivos mas preciso de uma marca, a vermelho, para que a possas sentir. #lovealwayswins”, sublinha o artista.

 

Bruno Rosa escolheu voar pela vida. No seu percurso de eterno aprendiz fez parte de grandes e pequenas criações artísticas. Em Portugal ou pelo mundo, entrega-se de alma e coração a cada projecto. A não perder, a partir das 23 horas.

 

Pole Dance com Sara e Raquel

Bem conhecidas dos visitantes do Casino Lisboa, Sara e Raquel regressam, a 9 de Março, a partir das 23 horas, ao Arena Lounge. São duas apaixonadas por pole dance. Essa paixão juntou-as em performances que combinam a dança com as forças combinadas, flexibilidade e acrobacia.

 

Novo Circo com João Godinho

Em noite dedicada ao novo circo, João Godinho apresenta-se, a 16 de Março, pelas 23 horas, no Arena Lounge para protagonizar um surpreendente exercício

 

João Godinho, ex-acrobata de alta competição de ginástica acrobática, apresenta um número de pinos verticais, contorção e dança, onde desafia a gravidade num globo dourado cheio de magia.

 

Concerto de Ricardo Gordo

Ricardo Gordo estreia-se, em concerto, no Arena Lounge, no próximo dia 23 de Março, a partir das 23 horas. Os blues, jazz, swing, hip-pop, folk lusa ou música electrónica são géneros e influências que Ricardo Gordo explora, alargando os horizontes, o ritmo e o timbre único da guitarra portuguesa para lá do fado. É da fusão destes diferentes géneros, do diálogo improvável da guitarra portuguesa com o rock e o heavy metal, do experimentalismo do já chamado fado metal, que lhe vem o reconhecimento como “novo valor da guitarra portuguesa”.

 

Natural de Portalegre, o multi-instrumentista e compositor Ricardo Gordo licenciou-se na Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco, onde se encontra a realizar o mestrado em ensino de música – variante de guitarra portuguesa. Os avós eram fadistas, mas Ricardo Gordo nunca se imaginou a tocar guitarra portuguesa. Na infância aprendeu a tocar flauta de bisel e violoncelo, mas interessou-lhe mais a guitarra eléctrica que o pai, também músico e docente, lhe ofereceu aos dez anos.

 

Novo Circo com Jocka Carvalho

A arte do Novo Circo estará uma vez mais em destaque, a 30 de Março, pelas 23 horas, no Casino Lisboa. Jocka Carvalho protagoniza um surpreendente número no espaço central do Arena Lounge.

 

Onde estão os limites do eu? Até onde posso ir através da imaginação? Estas são as demandas da alma de Jocka Carvalho, um jovem que se define pela procura do seu lugar de expressão.

 

Arena Lounge – Palco-multiusos

O Casino Lisboa convida, em Março, os seus visitantes a redescobrir um alargado programa de música ao vivo. O Arena Lounge acolhe jovens bandas que apresentam repertórios muito diversificados. São pequenos ciclos de exibições que se renovam, de Sexta-Feira a Domingo. A entrada é livre.

 

A banda Souled Out apresenta-se, de 3 a 5 de Março, no Arena Lounge. Com traços de Soul, Funk e Jazz são constituídos por um grupo de músicos de excelência, que cria uma identidade própria e singular. A vocalista Manuela Oliveira será acompanhada por Íris Sarai nas teclas, Nelson Matos na guitarra, Fábio Brito no baixo e Diogo Leónidas na bateria.

 

Influências de Stevie Wonder, Joss Stone, Etta James, Amy Winehouse e Blackout, por exemplo, propõem ao público uma viagem musical que se distingue pelos ritmos profundos do Soul, contagiantes do Funk e apaixonantes do Jazz.

 

Os Hearts and Bones actuam, de 10 a 12 de Março, no Arena Lounge. Voz, guitarra e histórias em canção constituem o mote para a banda prestar homenagem às suas referências musicais, não esquecendo os seus próprios temas, escritos ao longo de mais de uma década de parceria.

 

Com um estilo muito próprio, os Hearts and Bones partilham o amor à música num formato intimista e cru, em que vagueiam tanto os fantasmas do Mississipi como os do Tejo que os viu crescer. O repertório inclui registos de Robert Johnson a Patsy Cline, de Paul Simon a Neil Young, Os Hearts and Bones são Petra Pais (voz) e Luís Ferreira (guitarra), fundadores de uma das mais reconhecidas bandas de blues nacionais, a Nobody´s Bizzness, juntos em dueto e em visita ao blues e à folk norte americana.

 

Com actuações muito dinâmicas, os Stomping at Six actuam, de 17 a 19 de Março, no Arena Lounge. Trata-se de uma banda de Swing formada por alunos da Escola do Hot Clube de Portugal e da ESML.

 

A vocalista Margarida Martins será acompanhada por Zé Andrade no saxofone, André Ferreira no contrabaixo, Tiago Paiva na guitarra, Francisco Duque na bateria e João Almeida no trompete. A banda seleciona um conjunto de standards de swing das décadas 20, 30 e 40, distinguindo-se, em palco, por uma assinalável dose de energia e de empatia.

 

Num inédito ciclo de actuações, os Plágio apresentam, de 24 a 26 de Março, êxitos do rock, pop, blues, soul e country. Trata-se de um quarteto constituído pela vocalista Vanessa Ferreira, por vezes ao piano, João Loureiro, na guitarra, Raphael Lopes, no baixo, e Ricardo Silva, na bateria.

 

Com o intuito de recordar os momentos históricos da revolução musical, como foram as décadas de 60 e 70, os Plágio recriam êxitos dos Queen, Elvis Presley, Beach Boys, Aretha Franklin, James Brown e Tina Turner. A banda interpreta, ainda, outros sucessos mais recentes dos Maroon Five, Joss Stone, Bruno Mars e Amy Whinehouse. Os temas apresentados demonstram liberdade de arranjos musicais, dando lugar à criatividade, engenho e personalidade musical própria da formação.

 

Por sua vez, os Dee Dee & The Drum Killers actuam, de 31 de Março a 2 de Abril, no Arena Lounge. Com uma singular cumplicidade em palco, Dee Dee é a vocalista Andreia Nunes, enquanto os The Drum Killers são Gonçalo Sousa, na harmónica, e João Roque, na guitarra e percussão.

 

Dee Dee interpreta com mestria os blues e os clássicos soul. Por sua vez, os The Drum Killers sabem esse reportório de trás para a frente. Trata-se de uma aventura musical que se iniciou no faroeste alfacinha, mas que já se alastrou por todo o território nacional.

 

Arena Lounge – Jukebox

O programa de animação musical culmina com as dinâmicas sonoridades da Juke Box. São diferentes DJ’s seleccionam os ritmos ideais para um público predominantemente jovem. A não perder, de Quinta-Feira a Sábado, pouco depois da meia-noite.

 

Programa de Março

02 – Nuno di Rosso

03 – Dj Al

04 – Yugo Dee

 

09 – Nery

10 – Johnny Deep

11 – Diogo Pires

 

16 – Mário Valente

17 – Bruno Safara

18 – Luis Patraquim

 

23 – Pan Sorbe

24 – Mr. Mute

25 – Luis Leite

 

30 – Pelota

31 – John Holmes

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Lisboa é reservado a maiores de 18 anos.