Amor e Informação” estreou em Dezembro na Sala Azul do Teatro Aberto e estará em cena até 15 de Março.

A peça parece ser, à primeira vista, mais uma comédia mas é bem mais do que isso!  O texto de “Amor e Informação” foi escrito pela dramaturga inglesa Caryl Churchill   e impressiona pela actualidade e reflexão irónica da forma como vivemos, numa caricatura mordaz, quase hilariante e contudo séria, porque pinta, de forma sensível, retratos de uma sociedade que prefere “tirar selfies ou filmar em vez de viver o momento”, aponta o encenador João Lourenço: ” São duas horas de curtos spots em que acabamos por nos rir com temas que não são de todo ligeiros”.

Esta é uma peça caleidoscópica, fora do vulgar, que propõe uma reflexão sobre o modo como lidamos com a informação, o amor, os afectos, a memória e a privacidade no momento presente, profundamente marcado pela tecnologia e pelas ligações digitais que se estabelecem na sociedade contemporânea.

“Em palco estão 13 atores que se desdobram em mais de uma centena de personagens, para contarem 54 histórias diferentes. O palco é uma caixa, com profundidade, onde decorrem algumas histórias.  Outras, vêm para fora da caixa, junto aos ecrãs que simulam dispositivos móveis e onde vão passando vídeos que fazem a ligação entre os momentos que compõem este espetáculo”*.

Num conceito de dramaturgia contemporâneo, a peça é uma espécie de zapping sobre a sociedade atual. Amores digitais, estrelas idolatradas até à loucura, as relações, a forma como hoje se processa a comunicação e aquilo que, para o encenador, é uma das grandes questões da nova geração: a memória. “Hoje ninguém sabe nada. Se queremos identificar alguém recorremos de imediato ao telemóvel ou ao tablet. O que vai ser da memória daqui a uns anos?” questiona João Lourenço.

Com encenação e versão portuguesa de João Lourenço e Vera San Payo de Lemos, o elenco conta com actores de nomeada: Ana Guiomar, Carlos Malvarez, Cristóvão Campos,Francisco Pestana, Irene Cruz, João Vicente, Marta Dias, Marta Ribeiro, Melim Teixeira, Patrícia André, Paulo Oom, Rui Neto e Teresa Sobral.

Não deixe de ver esta peça!

“Amor e Informação”, em cena até ao dia 15 de Março, no Teatro Aberto.
De quarta-feira a sábado, às 21h30 e aos domingos às 16h00.
Os bilhetes custam entre 15 euros e 7,5 euros e encontram-se à venda nos locais habituais e na bilheteira do Teatro Aberto .

Contactos:
Telefone: 213880086
Bilheteira: http://teatroaberto.bilheteiraonline.pt/

*Informação retirada do site Canela e Hortelã

AmoreInformação