Paulo Ossião está no Casino Estoril mas não para jogar Roleta, antes como autor de uma das mais importantes exposições de arte sobre a cidade de Lisboa. A minha cidade” é o nome dado pelo pintor a esta exposição de aguarela e escultura, exposição essa que o autor há muitos anos desejava fazer, e que agora está patente ao público na Galeria de Arte do Casino Estoril, até 12 de Maio.

Paulo Ossião é considerado o maior aguarelista português contemporâneo, e com esta exposição traz-nos a sua visão da cidade de Lisboa, pintada numa técnica que domina como ninguém. O que surpreende porém, o que marca, é a infindável paleta de azuis, a sua cor preferida. Do azul escuro do mar ao azul do céu, dos azuis mais intensos e vibrantes aos mais transparentes, é com uma miríade de tonalidades que reconstrói e que grava, para si e para todos nós, espectadores desta sua arte, os espaços e recantos habitados, vividos quotidianamente ou simplesmente visitados, mostrando-nos novas perspectivas, novos olhares, novas sensações desta sua, e também nossa, Lisboa.

Ossião, “O Senhor dos azuis“, surpreende-nos sempre com alguma coisa diferente nas suas exposições, e nesta que é a sua décima individual na Galeria do Casino Estoril, traz-nos a força da uma luz intensa que incide sobre as avenidas, os telhados, o casario, os monumentos e as torres das velhas igrejas. Nela estão as ruas e zonas citadinas mais características: a rua D. Antão de Almada, a do Arsenal, a Ribeira das Naus, aspectos dos bairros de Alcântara, Belém, Largo de Camões, Saldanha, Largo de São Domingos e Intendente, todas zonas onde a alma de Lisboa pulsa, na sua vivência de séculos…

Mas nem só de “Lisboa das Sete Colinas” vive o encanto do pintor e o seu gosto pictórico. Há um outro mundo circundante, da chamada “Grande Lisboa”, que nesta exposição é apresentado e que abrange a Costa do Estoril, e que a oriente se alongou pelo Tejo, até á zona ribeirinha do Seixal.

O currículo artístico de Paulo Ossião é extenso, não só na produção de pintura mas também pela sua constante interacção com o público, através da frequente presença em muitas exposições: 68 individuais que  realizou e algumas centenas de colectivas em que participou nos mais diversos pontos do país – Lisboa, Porto, Aveiro, Estoril, Cascais, Braga, Sintra, Almada, Palmela, Funchal, Coimbra, Torres Novas, Costa da Caparica e Leiria – e também no estrangeiro, Brasil, Canadá, Bélgica, República Checa, França, Luxemburgo, Irlanda e Suíça.

Há poucos anos, Paulo Ossião aventurou-se também pela escultura a bronze, e pelo que demonstram as peças presentes nesta exposição, não vai nada mal.

Visite esta exposição e deixe-se encantar por esta Lisboa que é do pintor e de todos nós: esplendorosa, multisecular, cheia de encanto, de sonho e magia!

“A minha cidade” | Paulo Ossião | Galeria de Arte do Casino Estoril

De 11 de Abril a 12 de Maio, todos os dias, das 15h00 às 24h00.

Entrada gratuita.

Paulo Ossião - Rua Augusta_alt

Créditos da Foto: Paulo Ossião, cedida por Gabinete de Imprensa do Casino Estoril.

Créditos da Foto de topo: Paulo Ossião, Aguarela sobre Cartão (retirado do blogue http://artodyssey1.blogspot.pt/2011/02/paulo-ossiao.html)

Fontes:
Gabinete de imprensa do Casino Estoril
http://www.casino-estoril.pt/proxima-exposicao/
http://montalvoeascinciasdonossotempo.blogspot.pt/2010/10/paulo-ossiao-um-dos-maiores.html
http://artodyssey1.blogspot.pt/2011/02/paulo-ossiao.html