Rodrigo Leão um dos músicos mais criativos do panorama nacional, retoma já amanhã, sábado dia 16 de Maio, a temporada de concertos no Auditório do Oceanário de Lisboa, onde o compositor se encontra em residência artística.

A convite do Oceanário de Lisboa, local onde decorre a exposição temporária “Florestas Submersas“, de Takashi Amano, Rodrigo Leão compôs um tema musical inédito, inspirado nesta exposição da autoria do mestre japonês. Fotógrafo da natureza, designer e aquariofilista, Takashi Amano tem viajado pelo mundo à procura das florestas tropicais intocadas pelo homem, e retrata a harmonia dessas paisagens de quietude e beleza. Mas a arte notável de Takashi vai mais longe, porque recria a natureza misturando técnicas de jardinagem japonesas com a aquariofilia de água doce, criando aquários plantados segundo o conceito wabi sabi, onde destaca o encontro da beleza com a simplicidade e a imperfeição.

Em “Florestas Submersas”, o Oceanário promove assim, em parceria com o mestre aquascaper japonês, o maior “nature aquarium” do mundo e propõe-nos a descoberta de uma  floresta tropical, através de uma experiência intensa que estimula os sentidos com aromas e sons da floresta,  exaltando a visão dessa “joia” com a emoção gerada pela música original, criada por Rodrigo Leão.

Inspirado pelo conceito desta exposição, o músico criou uma composição que traduz a fusão perfeita entre a arte e a natureza, que convida o visitante a deixar-se envolver por uma experiência de bem-estar, relaxamento, quietude e simplicidade, motivando-o a descobrir a natureza esculpida pelo tempo. Com um quarteto formado por dois violinos, um violoncelo e uma viola de arco, Rodrigo gravou “Floresta Submersa”, uma suite de treze minutos que se revela uma ode à natureza.

“Florestas Submersas” espelha o compromisso do Oceanário de Lisboa  em prol da conservação da natureza, mostrando-nos o mundo natural através de uma perspetiva especial, onde o visitante é imerso num ambiente de sensações e emoções que nada têm a ver com o seu quotidiano, pondo-o em contacto com um universo precioso que o transporta para as origens da vida.

Não perca esta oportunidade fantástica de (re)visitar o Oceanário de Lisboa e de ouvir ao vivo Rodrigo Leão, um músico de excepção!

Deixamos-lhe aqui algumas pistas e curiosidades sobre esta exposição para que não restem dúvidas sobre o seu interesse tanto para adultos, como para crianças e jovens de qualquer idade.

Factos relevantes sobre a exposição:

| Aquário com 160.000 litros de volume, em forma de “U”, com 40m de comprimento e 2,5m de largura;
| O design do aquário integra 4 toneladas de areia, 25 toneladas de rocha vulcânica dos Açores e 78 troncos de árvores da Escócia e Malásia;
| 40 espécies de peixes tropicais de água doce;
| 46 espécies de plantas aquáticas;
| O maior “nature aquarium” do mundo alguma vez criado por Takashi Amano
| Primeiro aquário no Oceanário de Lisboa, com assinatura de autor
| 1.5 milhões de visitantes esperados em 30 meses

Os concertos ao vivo de Rodrigo Leão decorrem ao longo do mês de Maio e Junho, estando agendados para os seguintes dias:

Maio: 16, 23, 24, 30 e 31
Junho: 6 e 28
Horário das sessões | 17h00 e 19h00
O bilhete do concerto inclui entrada na exposição “Florestas Submersas” no próprio dia.

Os bilhetes estão à venda no Oceanário de Lisboa, nos locais habituais e ainda em www.blueticket.pt

Devido à lotação da sala (130 lugares), sugerimos que reserve o seu lugar com antecedência:

Fontes:
http://www.lastfm.pt/music/Rodrigo+Le%C3%A3o
http://www.uguru.net/rodrigo-leao-ao-vivo-no-auditorio-do-oceanario-lisboa/
https://www.facebook.com/rodrigoleaomusic
https://www.facebook.com/pages/Ocean%C3%A1rio-de-Lisboa/152643744834885
http://www.blueticket.pt/site/EventoDetalhe.aspx?eventoID=2344&idiomaid=1&ecomm=1
http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Vida/Interior.aspx?content_id=4521782
http://pt.wikipedia.org/wiki/Takashi_Amano
http://pumpkin.pt/agenda/exposicoes/florestas-submersas-by-takashi-amano
VÍDEOS – https://www.youtube.com/watch?v=gEnuV-1jmhk