O Festival “O Gesto Orelhudo” chegou ao inusitado número treze. Sim, vem aí mais uma edição do festival, num tempo em que a cultura vai sendo descontinuada, o festival insiste e não desiste de marcar aqueles primeiros dias mágicos de Outubro. De 1 a 4 de Outubro, Águeda volta a fundir música e teatro com a apresentação divididos entre o Teatro Espaço D’Orfeu e o Cine-Teatro São Pedro.

É por ser marcante, singular e decisivo que “O Gesto Orelhudo” não arreda do calendário cultural de tantos. Os bilhetes para o festival variam entre os €20 (passe orelhudo válido para todos os espectáculos) e os €3 (bilhete para a tenda). Também pode adquirir o bilhete diário que custa €9. A bilheteira funciona no local, nas noites do festival, a partir de 45 minutos antes do primeiro espectáculo. O bilhete não garante lugar sentado.

Deixamos aqui a programação do Orelhudo deste ano:

QUARTA 1 OUTUBRO

19h00 | bard’O

Hamlet em Pessoa – André Gago / Carlos Barretto

21h30 | Cine-Teatro São Pedro

Deixem o Pimba em Paz – Bruno Nogueira / Manuela Azevedo

QUINTA 2 OUTUBRO

19h00 | Johnny 101

20Dizer – Trigo Limpo teatro ACERT

21h30 | Cine-Teatro São Pedro

The Best Of Leo Bassi – Leo Bassi (Itália)

23h15 | Espaço d’Orfeu

Cita a Ciegas – Murmuyo (Chile)

SEXTA 3 OUTUBRO

19h00 | Fundação Dionísio Pinheiro

Circo Mediático – Américo Rodrigues

21h45 | Cine-Teatro São Pedro

Liberdade – Sérgio Godinho

23h30 | Espaço d’Orfeu

Que Raro, Verdad? – Hermanos Infoncundibles (Espanha)

SÁBADO 4 OUTUBRO

21h45 | Cine-Teatro São Pedro

The Vocal Orchestra (Inglaterra)

23h30 | Espaço d’Orfeu

Peter Punk e o Neno Imperdible – Peter Punk (Galiza, Espanha)