Loucamente: uma exposição sobre o bem-estar da mente, estreia no dia 30 de Outubro, às 18h00, no Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva, no Parque das Nações, em Lisboa.

Desenvolvida em consórcio com os centros de ciência Heureka (Helsínquia) e Universcience (Paris), é a primeira exposição interactiva de um centro de ciência dedicada ao bem-estar da mente, e pretende dar início a uma discussão pública sobre a saúde mental e o seu impacto pessoal e social.

“Loucamente” foi premiada com o Leading Edge Award para a melhor experiência do público, atribuído em 2014 pela associação
internacional ASTC (Association of Science Technology Centers). O júri salientou a forma aberta e inovadora com foi abordada a questão da saúde mental, desafiando o público a pensar sobre o assunto de uma outra perspectiva.

Um dos grandes sucessos desta mostra é a escultura artística de Pierre-Laurent Cassiére, o Esquizofone, que simula a sensação de ouvir vozes vindas
de todos os lados. Os visitantes podem ainda entrar na sala das fobias, sentarem-se na barbearia das psicoses ou pôr à prova a sua percepção corporal no espelho da auto-estima.

O Pavilhão do Conhecimento encoraja o público a cometer algumas loucuras saudáveis, como dançar no meio da exposição ao som de uma selecção musical muito especial. No final, os visitantes podem desfazer-se dos seus problemas num triturador metafórico de preocupações.

A exposição tem também experiências desenvolvidas a pensar nas crianças, que abordam temas como as emoções e o medo.

A adaptação da exposição à realidade portuguesa contou com a colaboração do Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa, e a contribuição de grupos de investigação de universidades portuguesas e de pessoas que sofrem ou sofreram de doença psiquiátrica.

Esta exposição temporária pode ser visitada de 30 de Outubro até Setembro de 2015.

Saiba mais sobre o programa completo em www.pavilhaodoconhecimento.pt