O Festival “Os sons de Vez” acontece, sem interrupção, pela 13ª vez consecutiva em Arcos de Valdevez, entre 7 de Fevereiro e 27 de Março e vai apresentar 10 propostas musicais, abrindo com a actuação de The Legendary Tiger’man, cantor e músico de blues que actua na lógica de “one man show”.l.

Sendo o primeiro festival do ano, o “Sons de Vez” traz ao Alto-Minho o que de melhor se faz na música portuguesa, apostando numa programação diversificada que vai do pop rock ao hip-hop, satisfazendo todos os gostos num formato intimista.

No fim de semana de 14 de Fevereiro, a noite começa com a projeção do documentário “Uivo”, de Eduardo Morais e continua com a actuação de Rita Redshoes, que apresenta o mais recente álbum, “Life is a Second of Love“, o terceiro da sua carreira, após os Atomic Bees.

A 21 de Fevereiro é a vez do veterano Mundo Segundo, Mc e produtor do colectivo Dealema, figura incontornável do hip-hop português e um dos mais activos protagonistas do movimento, que apresenta este seu último trabalho a solo em formato live band.

Fevereiro termina com dose dupla de concertos, com os Dirty Coal Train alinhados para dia 27, que de Lisboa trazem a pura a pura adrenalina do rock numa mescla de origens e influências, seguidos de os Salto, que trazem a sua indie pop.

A 6 de Março aparecem os Capicua, um nome que já não deixa ninguém indiferente e que veio trazer um novo fôlego ao hip-hop português. O mote é “Sereia Louca“, um disco com várias participações, tanto na voz como na produção, destacando-se Gisela João, Aline Frazão, Stereossauro, Dj Ride, Xeg e Serial dos Mind da Gap.

A 14 de Março, Tiago Bettencourt faz-se acompanhar em palco por Pedro Gonçalves e os Dead Combo, Tiago Maia e João Lencastre.

A 21 de Março a festa continua, novamente em formato duplo, com a subida ao palco dos Big Red Panda, o coletivo de Ponte de Lima considerado a sensação do último Vodafone Mexefest que pertence ao movimento stoner rock, com uma certa dose de psicadelismo ao vivo. Os Bizarra Locomotiva, precussores da música industrial nacional, fecham a noite.

A 28 de Março encerra a celebração da música moderna portuguesa a Norte de Portugal, com os Scream4Revolution, uma banda original do concelho vizinho de Ponte da Barca e com Pedro & Os Lobos.

Todos os espetáculos têm início às 23h00 e os bilhetes podem ser adquiridos a partir de 2 de Fevereiro nas instalações da Casa das Artes, de segunda a sexta-feira, entre as 10h00 e as 18h00 ou no próprio dia dos eventos.

Podem ser feitas reservas pelo número 258 520 520, num limite máximo de 4 ingressos por pessoa.

O preço dos bilhetes varia entre os 5,00 e os 13,00 euros, consoante o espetáculo.