A Primavera traz-nos a luz, a cor, a promessa de melhores dias e ainda a 13ª Festa do Jazz no Teatro Municipal São Luiz, que vai acontecer já neste fim-de-semana, de Sexta-feira 27 a Domingo 29 de Março.

Serão três dias de intensa criação artística, de divulgação e de encontro entre gerações de músicos e destes com o seu público, que afluem ao Teatro e a outros espaços da cidade.

Esta é verdadeiramente a festa nacional do Jazz, que há mais de uma década tem lugar cativo na agenda de muitos. Aqui se descobrem novos talentos, acontecem os habituais encontros entre escolas de música, vibra-se com as “jam sessions” e com as actuações dos nomes mais conhecidos que se apresentam em concerto.

Chamamos a atenção para o “dia zero“, 26 de Março, e para a actuação de Pedro Branco Trio, em que o guitarrista vai ao Cinema Ideal fazer a apresentação desta 13ª edição da Festa, acompanhado pelo contrabaixista Demian Cabaud e pelo baterista Marcos Cavalero.

No dia 27, já no São Luiz, a festa começa com os concertos de Lina Nyberg Band e da Orquestra de Jazz do Hot Club de Portugal, sob a direcção de Rainer Tempel, e uma “jam session” no Jardim de Inverno.

No dia 28, a acção centra-se no Teatro-Estúdio Mário Viegas, onde a tarde é marcada entre o “Piano Batuque” de Pablo Lapidusas (piano) e Joel Silva (bateria), o “Ponto de Partida” de uma formação liderada pelo guitarrista André Santos e a “Metamorphosis“, do quinteto de Gileno Santana.

De novo no São Luiz, é a vez de ouvir Maria JoãoOgre“, o Ensemble Super Moderne, o trio de Demian Cabaud e o Combo da Escola de Jazz do Hot Clube.

O dia 29 começa com o regresso ao Teatro-Estúdio Mário Viegas, onde actuam o octeto de João Guimarães, o projecto Deux Maisons do trompetista Luís Vicente e do baterista Marco Franco e os irmãos franceses Théo e Valentin Ceccaldi, violinista e violoncelista, respectivamente, e o concerto a solo da pianista eslovena Kaja Draksler.

Nessa mesma noite, o São Luiz, apresenta-lhe “Subtractive Colors” de Desidério Lázaro, o projecto “Além das Horas“, com Rita Maria e Afonso Pais na liderança, e o encontro do trio do guitarrista André Matos com o saxofonista norte-americano Tony Malaby.

No final serão entregues os prémios aos alunos das muitas escolas de  jazz que tocaram no Jardim de Inverno ao longo destes três dias de festa e a fechar esta 13ª edição, nada como entrar na “jam session” de despedida.

Saiba AQUI tudo sobre o programa da 13ª Festa do Jazz no São Luíz.

Sexta-Feira 27 das 21h30 às 02h00;
Sábado 28 e Domingo 29, das 14h30 às 02h00
Sala Principal, Jardim de Inverno e Teatro-Estúdio Mário Viegas

Bilhetes à venda na Bilheteira do Teatro São Luíz e na bilheteira on-line
Passe: 15€ (1 dia) | 25€ (2 dias) | 30€ (3 dias).