“O Teatro tem o poder de comover, inspirar, transformar e educar como nenhuma outra forma de arte o consegue. O Teatro reflecte tanto a diversidade extraordinária das culturas como a partilha comum da nossa condição humana, em toda a sua força e vulnerabilidade.” (Irina Bokova, Directora Geral da Unesco)*

Hoje, 27 de Março, o Teatro, arte milenar enquanto forma de expressão dos povos e de divulgação da sua cultura, celebra o seu dia a nível mundial. Aqui ficam algumas pistas para que aproveite esta sexta-feira ao máximo e preste a sua homenagem indo assistir a uma peça.

A Fértil convidou a Marabunta Teatro, companhia de teatro do Porto, a apresentar o espetáculo “Comemoração” de Harold Pinter, na Casa da Pedreira, em Gondifelos, Vila Nova de Famalicão. O autor escreveu este texto à entrada do novo milénio, em tom de advertência às vidas cada vez mais vazias e desprovidas de interesse, cultura e valores. Jogos e batalhas de palavras carregadas de humor negro e sátira perversa expõem a mediocridade de um mundo cada vez mais movido a dinheiro e leviandade. De forma sinistra, “Comemoração” reflete sobre amor e ódio, e lança-se no mistério da vida e da morte. Entrada livre.Para mais informações, contactar: FÉRTIL – ASSOCIAÇÃO CULTURAL, pelo tlm 918 224 697, correio@fertilcultural.org ou visite www.fertilcultural.org

O Teatro Art’Imagem, no Porto, apresenta o espectáculo “O vosso pior pesadelo”, de Manuel Jorge Marmelo. Entrada gratuita.

Em Vila Nova de Gaia, os Plebeus Avintenses apresentam “Ratos e Homens” de Jonh Steinebeck
Dia 27 de Março |21H30| Auditório Municipal de Gaia, Entrada Livre 

Em Tondela, “Estreia Don Juan – Que no pare el Mambo! “, uma Coprodução Trigo Limpo teatro ACERT e Voadora com a Universidade Sénior do Rotary Clube de Tondela. O Trigo Limpo teatro ACERT desenvolveu um processo de criação artística em torno do texto D. Juan, de Molière, que foi apresentado em Novembro no Finta – Festival Internacional de Teatro. A Companhia Voadora e o Trigo Limpo teatro ACERT propõem agora uma segunda etapa deste processo, que procurará transformar em teatro a súmula de tudo o que são as nossas vidas, para que cada vez mais sejamos nós mesmos em confronto com o sonho…”
27 de Março, às 21h45, Auditório 1, Entrada Gratuita.

O Centro Cultural da Malaposta  em Odivelas, apresenta “Mistério do Fado – Uma Comédia Fadista“., com encenação, adaptação e direcção artística de Carlos Quintas, esta peça pretende dar a conhecer alguma da possível história do aparecimento do fado, primeiro como dança e depois como canção. Trata-se de uma peça simultaneamente “divertida e didáctica”, que mostra um mundo de realidade e de ficção, de cenas pitorescas, que vão desde o quotidiano até à fantasia histórica dos nossos antepassados, cantando, dançando, enfim, possivelmente o percurso que o Fado teve até aos nossos dias. Entrada Livre sujeita a reserva.

Teatro Maria Matos apresenta um programa especial. Neste ano, no entanto, a nossa festa é maior e mais  diversificada do que nunca e não cabe num só dia, ocupando toda a semana com iniciativas de entrada livre. Há para escolas, famílias e adultos, visitas guiadas, oficinas e o lançamento de um novo livro sobre teatro. Entrada livre.

O Teatro Dona Maria II  apresenta a homenagem a João Villaret, a partir das 18h00, pela Comuna – Teatro de Pesquisa, e faz o lançamento da biografia “João Villaret 1913-1961 – Duas mãos que abertas deram tudo”, para além da representação de “Pirandello”, às 21h00, a partir do escritor italiano, numa coprodução com a Mala Voadora. A entrada é livre, mediante o levantamento de bilhetes a partir das 14h00 do próprio dia.

No Chapitô, também na capital, abre as portas para “Édipo”, releitura da tragédia de Sófocles, que estará em cena até 19 de Abril. A partir das 22h00, a sala da Costa do Castelo conta ainda os actores Filomena Cautela e Ricardo Pereira para a leitura de uma mensagem alusiva à data. Entrada livre.

Ao longo do dia, a Avenida de Liberdade, em Lisboa, recorda os anos da “Revista no Parque”, com a exposição de cenários, figurinos, programas e curiosidades vindas dos quatro teatros do Parque Mayer: Maria Vitória, Variedades, Capitólio e ABC.

A junta da freguesia de Carnide organiza, até domingo, exposições, sessões de teatro, dança e uma homenagem à actriz e encenadora Fernanda Lapa, que assinalou os 50 anos de carreira em 2014. A sessão realiza-se domingo à tarde, no largo das Pimenteiras.

Em Almada, o Teatro Municipal Joaquim Benite apresenta o livro “Luís Miguel Cintra: Cinco conversas em Almada”, contando com a presença do fundador da Cornucópia, e oferece dois espetáculos gratuitos: “Mana solta a gata”, a partir de Adília Lopes, com encenação de António Pires, e “Nossa Senhora da Açoteia”, de Luís Campião, encenado por Luís Vicente.

Aproveite estas sugestões ou procure outras ofertas e vá ao Teatro!

Fontes: http://www.gda.pt/wp-content/uploads/2015/03/Dia_Mundial_Teatro_Mar2015_980px.jpg

http://www.sol.pt/noticia/127860

http://observador.pt/2015/03/27/dia-mundial-do-teatro-pecas-gratuitas-de-norte-a-sul-do-pais/

Créditos da Foto – http://www.gda.pt/wp-content/uploads/2015/03/Dia_Mundial_Teatro_Mar2015_980px.jpg